• Blog
  • by
  • 20 de dezembro de 2017
  • 547
  • 0

Eu quero começar essa conversa com uma pergunta: Você já se sentiu insatisfeita com a aparência dos seus lábios vaginais?

E se eu falasse para você que esse sentimento é mais comum do que parece ou ouvimos falar? Aa cirurgias íntimas, são consideradas um tabu publicamente, mas os números dizem exatamente o contrário. De acordo com dados da Isaps – Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, o Brasil contabilizou quase 13 mil mulheres que optaram pela Ninfoplastia apenas em 2015.  Esse é um número bastante considerável, visto que o assunto ainda é pouco discutido em revistas, jornais e televisão.

Em 2009 a ex-modelo Ângela Bismarchi quebrou um grande tabu social quando falou da sua cirurgia íntima. Na ocasião, ela disse que optou pelo procedimento de himenoplastia para voltar a ser virgem para seu casamento que aconteceria naquele mesmo ano. Assim como Ângela, diversas outras celebridades já assumiram suas cirurgias íntimas. São diversos procedimentos com objetivos de ter de promover a estética vaginal e uma vida sexual mais ativa.

O que eu preciso que você entenda é que a Ninfoplastia traz não apenas a boa aparência para as suas partes íntimas, mas ela também proporciona mais conforto. Existem mulheres que sentem grandes desconfortos nas relações sexuais, chegando a sentir dor. Então não estamos falando aqui apenas da estética, mas também da saúde, de certa forma.

Então se você sente também a necessidade de mudar um pouco mais as suas partes íntimas com cirurgia plástica, precisa conhecer sobre esse procedimento.

O que você verá por aqui:

  • O que é a Ninfoplastia;
  • Indicação;
  • Riscos e complicações da Ninfoplastia;
  • Pós-operatório;
  • Resultados;
  • Conclusão.

O que é a Ninfoplastia

A Ninfoplastia é um procedimento cirúrgico invasivo, que tem como principal finalidade reduzir o incômodo causado pela hipertrofia ou assimetria dos pequenos lábios vaginais. Uma mulher pode apresentar essa característica por diversas razões, incluindo causas naturais ou não. Isso significa que o crescimento excessivo dos seus lábios vaginais pode ser biológico ou ocasionado por uma flacidez adquirida.

Os lábios vaginais muito proeminentes também ajudam a desencadear uma série de problemas de saúde. Como citei no início do texto, a Ninfoplastia não pode ser vista apenas como um procedimento estético. Por exemplo, essa hipertrofia pode levar ao acúmulo de sujeira na região, promovendo a candidíase e outras infecções.

Como é feita a Ninfoplastia

O cirurgião plástico pode cortar os pequenos lábios inteiros ou apenas o seu excesso. É possível também que haja a intervenção apenas em um lado, quando o paciente apresentar casos de assimetria. É preciso toda uma análise prévia para calcular o que pode ou não ser modificado com a Ninfoplastia. Existem pacientes, por exemplo, que possuem o clitóris maior, não permitindo que seja retirada muita pele.

Todo o procedimento pode levar até 3 horas, mas é sempre bom lembrar que esse tempo varia de caso para caso. Há a necessidade que a paciente fique em observação, mas a internação por mais de 24 horas não é obrigatória. Na maioria dos casos, os médicos também optam pela sedação por facilitar todo o procedimento e evitar que o paciente se mexa ou fique com o corpo mais tenso, devido a ansiedade comum de um procedimento neste nível.

Indicação

Além da redução dos pequenos lábios vaginais, a Ninfoplastia pode ser opção para diversos outros quadros. Destaco alguns:

  • Desconforto durante as relações sexuais;
  • Volume aparente quando utiliza roupas muito coladas, como é o caso de leggings ou biquínis, por exemplo;
  • Excesso de gordura no púbis;
  • Mais volume nos grandes lábios.

A principal finalidade é trazer mais harmonia para a genitália feminina. Qualquer mulher que esteja com a saúde em dia e apresente as características acima podem optar pela Ninfoplastia.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Riscos e complicações da Ninfoplastia

Como qualquer outra cirurgia, a Ninfoplastia oferece riscos para a paciente. Por esse motivo é tão importante ter uma conversa esclarecedora com o cirurgião antes de tomar qualquer decisão. É necessário também seguir as recomendações pós-operatórias para que as chances de complicações reduzam consideravelmente.

O sangramento é o principal risco e complicação que pode surgir no pós-operatório. Como há uma grande vascularização, isso pode ocasionar pequenas hemorragias. Recomenda-se que nas 48 horas após a cirurgia a paciente fique em repouso e evite qualquer atividade que possa ocasionar nesse sangramento.

Mais abaixo você encontra as principais informações sobre os cuidados pós-cirúrgicos. A ausência de atenção nesse momento pode sim agravar os riscos de complicações.

Pós-operatório

O pós-operatório da Ninfoplastia pede muita atenção, principalmente nos primeiros dias. É normal a dosagem de alguns compostos medicamentosos. Alguns desses medicamentos serão prescritos pelo seu médico e é importante seguir com todos. Não utilize nenhum remédio, pomada ou creme que não esteja liberado para não causar nenhum tipo de infecção ou prejudicar a sua recuperação.

Nos primeiros dois dias é preciso repouso. Os pontos são muito delicados e o rompimento pode comprometer completamente o resultado da sua cirurgia. A depilação só está liberada após a cicatrização completa da região operada. Os pelos podem ser aparados, mas enquanto seu médico não autorizar, evite giletes e, principalmente, depilações com cera. Algumas atividades já podem ser feitas com 1 semana de operada, mas aquelas que exigem mais esforço precisam esperar pelo menos o primeiro mês passar.

A higienização é outra questão muito importante. Nos primeiros dias a área fica bastante dolorida e lavar em banho comum é quase que impossível. O melhor é fazer uma limpeza com algodão e soro para tirar principalmente os resíduos de urina que ficam.

Você também pode sentir um pouco de desconforto na hora de fazer xixi. É comum que tenha uma ardência. Caso essa dor seja muito incômoda, converse com seu médico para que ele receite alguma pomada anestésica.

O sexo é liberado conforme seus pontos são cicatrizados. O comum é que com duas semanas algumas pacientes já sejam liberadas para ter relações íntimas, mas é sempre bom lembrar que obedecer a autorização do médico é indispensável.

A expectativa para uma cicatrização completa é de seis meses.

Resultados

Os resultados da Ninfoplastia dependem muito da sua boa recuperação. O médico precisa expor, desde a primeira conversa, todos os resultados possíveis para o que você deseja. Caso ele não lhe mostre essa expectativa, você pode perguntar. Tirar todas as suas dúvidas ajuda muito a não optar por um procedimento que não é o mais indicado para seu problema.

Uma questão muito comum quando se fala em Ninfoplastia é a perda da sensibilidade e do prazer na hora do sexo. Apesar de retirar um tecido da vagina da paciente, o cirurgião não chega a cortar a região enervada, não permitindo com isso a perda da sensibilidade ou alteração de prazeres sexuais.

A cicatriz que fica após a recuperação total também é imperceptível. Diferente de muitas cirurgias, o médico não precisa realizar grandes cortes para fazer a Ninfoplastia.

Conclusão

A Ninfoplastia, assim como todas as cirurgias invasivas, precisa de alguns cuidados por parte do médico e do paciente. Ela não precisa ser temida se todo o pré-cirúrgico for seguido corretamente. É um procedimento que colabora bastante para a autoestima de uma mulher e deve ser feita em casos específicos.

E como eu sempre digo aqui, é muito importante que você consulte um cirurgião e converse abertamente com ele. Qualquer decisão só deve ser tomada após todas as dúvidas sobre o procedimento serem eliminadas.

O que vocês acharam da Ninfoplastia? É um assunto pouco comentado por mulheres, mas é possível sim trazer de volta toda aquela segurança que ficou para trás devido essa flacidez vaginal.

Não deixa de me contar aqui nos comentários o que achou desse post!

Não esqueça de seguir minhas redes sociais, como o  Facebook, Instagram e Youtube para ficar por dentro de dicas sobre saúde e estética![:]

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

pt_BRPortuguese