• Blog
  • by Adriano Medeiros
  • 23 de August de 2017
  • 206
  • 0

Continuando o tema da semana passada, hoje vamos falar como corrigir a simastia, e devolver a autoestima para as mulheres que se sentem incomodadas pela forma os seios e a ponte entre eles causada por esse problema.

 

A boa notícia é que dá para corrigir mas esse é o tema da próxima semana, hoje vamos entender o que é e como identificar, então se você sente que seus mamilos tem aparência de estarem ligados, continue e saiba mais sobre esse assunto.

 

Hoje vamos falar como corrigir e amenizar a simastia.

  •  Sismastia, o que é?
  •  Correção da simastia congênita
  •  Simastia pós-mamoplastia com prótese
  •  Capsulectomia medial extensa
  •  Capsulorrafia interna
  •  Uso do sutiã específico no pós operatório
  •  Conclusão

 

Sismastia, o que é?

 

Recapitulando o que vimos semana passada, em termos técnicos a simastia é chamada de confluência medial das mamas, mas essa condição pode ser explicada como a formação de uma ponte de tecido entre as mamas dando a impressão de que estão unidas ou coladas.

 

A simastia pode ser congênita, quando a paciente apresenta esse quadro desde o nascimento, o que geralmente ocorre quando as mamas são grandes. Às vezes não se dão conta ou não dão muita importância, mas com o passar do tempo podem passar a se sentir incomodadas, quando buscam um médico para fazer a correção.

 

Ou pode acontecer depois da paciente fazer uma mamoplastia de aumento, com o uso de  próteses de silicone. Quando a prótese se desloca para o centro do peito, criando o aspecto de seio único, com uma ponte.

 

Correção da simastia congênita

 

No caso da congênita, não há como evitar porque a paciente já nasce com o quadro e não há procedimento específico para correção da simastia, que pode ser feita com a união de vários procedimentos como a mamoplastia redutora que vai reduzir o tamanho dos seios e a mastopexia com prótese ou sem prótese como já falei aqui no blog (https://www.adrianomedeiros.med.br/br/mastopexia-sem-protese-de-silicone/), que pode levantar e moldar os seios para que fiquem mais bonitos.

 

Ou ainda outros como o lifting reverso que é ilustrado nesse artigo.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Simastia pós-mamoplastia com prótese

 

No caso da simastia diagnosticada após o procedimento para colocar implantes nos seios, a correção também será cirúrgica, mas geralmente as incisões serão feitas pelo mesmo ponto da cirurgia anterior, evitando novas cicatrizes ou o aumento das de antes.Em todos os casos, a correção é cirúrgica, utilizando a mesma incisão da cirurgia anterior.

Para essa correção serão usadas técnicas para além disso, otimizar o resultado cirúrgico

 

Troca do implante

 

normalmente a simastia vai ser resultado de duas coisas, ou trabalho de um médico sem experiência para realizar o procedimento, imperícia ou algum tipo de imprudência; ou o uso de uma prótese maior do que a indicada para a estrutura corporal da paciente.

 

Nesse caso poderá ser feita a troca do implante maior, por um implante adequado, corrigindo assim a simastia.

 

Capsulectomia medial extensa

 

Esse procedimento é a retirada do pedaço da cápsula com contratura na parte central, que é responsável pela “ponte” que liga os dois seios, dando a impressão de união entre eles.

 

Capsulorrafia interna

 

É sutura interna da cápsula, redesenhando a mama e refazendo sua curvatura para corrigir essa aparência de união, característica da simastia, devolvendo as linhas e curvas naturais dos seios.

 

Uso do sutiã específico no pós operatório

 

Apesar de resultar geralmente de um procedimento mal realizado, inclusive na orientação à paciente sobre a escolha do tamanho das próteses, algumas vezes a mulher não segue todas as recomendações pós cirúrgicas.

 

Após o procedimento, a paciente deve seguir as orientações e utilizar um sutiã que pressione a região medial, entre os seios, até completa e total recuperação, justamente para evitar a má cicatrização e formação dos seios, o que gera a simastia.

 

Seguindo o que falei antes, no caso após a cirurgia de aumento dos seios uma das principais formas de evitar a simastia é procurar um profissional de confiança, qualificado e devidamente registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Além disso, realizar as devidas avaliações e não exigir que o médico use próteses inadequadas para o seu corpo e seguir todas as recomendações quanto ao repouso, medicação e outros para evitar complicações, como já falei aqui no blog .

 

Conclusão

 

Como vimos, independente da origem da simastia, é sempre bom saber que existem maneiras de corrigir o problema. Vale repetir que o ideal é que se escolha um implante de tamanho adequado ao seu corpo e que se procure sempre um profissional experiente e qualificado, evitando assim o risco de simastia.

 

Que o conjunto de ações como a troca de implante, podem aliviar o incômodo e melhorar a autoestima, sempre lembrando que isso é mais importante do que se focar em modelos de beleza que não vão te fazer feliz, nem elevar sua auto-estima.

 

É sempre importante lembrar que é da maior importância realizar a sua cirurgia com expectativas realistas. A Perfeição não existe na natureza nem na cirurgia plástica.

 

Antes da cirurgia o seu corpo não é totalmente simétrico como você deseja mas pode melhorar bastante depois dos procedimentos, mas nunca vai ser perfeito.

 

Gostou do artigo desta semana? Pode deixar suas dúvidas nos comentários que sexta-feira vou responder no Direto ao Ponto no meu canal no YouTube,  não deixa de me seguir no Facebook  e Instagram. E para falar comigo sobre consultas e procedimentos você me encontra no meu consultório é só ligar 21 3385-4081 e agendar uma visita.[:]

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

en_USEnglish