• Blog
  • by
  • 25 de maio de 2016
  • 4

Quanto dinheiro você já gastou com produtos de beleza para rejuvenescer a pele? Quantas vezes já se olhou no espelho e ficou incomodada (o) com as marcas de expressão que começaram a aparecer?

 

Felizmente os avanços da medicina moderna mostram que é possível reverter os efeitos de envelhecimento e até mesmo melhorar a qualidade da pele usando a gordura do nosso próprio corpo. O enxerto de gordura, além de ser um procedimento cirúrgico bastante simples – pode durar cerca de 40 minutos e em alguns casos até ser feito na própria clínica – é conhecido por ser extremamente seguros e com índices de rejeição praticamente nulos.

 

As células-tronco presentes nas gorduras são uma fonte inesgotável de regeneração dos tecidos e já fazem parte de estudos e dos principais congressos de Cirurgia Plástica em todo o mundo.

 

Entre os resultados satisfatórios mais citados por pacientes que passaram pelo procedimento estão: o rejuvenescimento do rosto (desaparecimento de linhas de expressão) e a melhoria da qualidade da pele (que fica mais viçosa e hidratada). Veja abaixo como o enxerto de gordura está revolucionando a medicina moderna e a cirurgia plástica e ajudando centenas de mulheres a realçarem sua beleza natural e jovial:

 

O que é o enxerto de gordura?

 

Enxerto de gordura é uma das técnicas mais modernas que existem na cirurgia plástica. Também conhecido como “lipoenxertia”, o procedimento retira gordura de uma determinada parte do corpo (geralmente após uma lipoaspiração) e reaproveita a gordura (purificada) para fazer o enxerto em outra parte do corpo, como o rosto, mãos, bumbum e até mamas.

 

O que a gordura têm a ver com o rejuvenescimento?

 

Amplamente discutida e estudada por profissionais do mundo todo, a célula-tronco é conhecida na medicina por contribuir de forma positiva na a busca pela cura do Alzheimer e da paraplegia, devido a sua capacidade de se transformar em qualquer célula do corpo. Além da medula óssea, as células-tronco também são encontradas nas gorduras do nosso corpo que servem como material para enxerto no rosto e outras partes do corpo após a lipoaspiração ou como complemento ao lift de face, por exemplo.

 

Quando envelhecemos perdemos o volume de gordura do corpo. É possível perceber que as pessoas mais velhas têm olhos mais encovados ou com “bolsas”, já as pessoas mais jovens têm os olhos totalmente preenchidos de gordura. Ao incorporar-se na pele da paciente, a gordura é parcialmente absorvida e faz com que a pele fique com aparência mais jovem, viçosa e hidratada.

 

Quais as vantagens de fazer o enxerto de gordura e a lipoaspiração na mesma cirurgia?

 

Fazemos ao mesmo tempo, porque no Brasil ainda não existe legislação que permita armazenar a gordura retirada da lipoaspiração (como já é feito nos Estados Unidos, por exemplo, onde existem bancos de célula tronco). Também é possível retirar a gordura para complementar o lift da face (como dissemos anteriormente) ou para a reposição volumétrica dos olhos. Recomenda-se que a gordura retirada seja do joelho ou da coxa, que são gorduras com boas condições e com bons índices de reabsorção.

 

Quais são as principais reclamações dos pacientes que querem fazer enxerto no rosto?

 

Geralmente os pacientes têm reclamações bem específicas. São marcas de expressão no rosto, principalmente o “bigode chinês” (aquele sulco entre a boca e a bochecha), e as marcas ao redor dos olhos que dão aspecto de envelhecimento. Outras reclamações comuns são: a perda de gordura dos lábios (“murcho”) e do lábio vaginal.

 

Existe perigo de rejeição? Há risco de trombose?

São raros os casos de rejeição ao enxerto de gordura, por ser um material retirado do próprio corpo do paciente. Já o risco de trombose existe, como em qualquer outra cirurgia ou manipulação de gordura. Porém, é possível diminuir esse risco, através medidas preventivas como a adoção de medicação subcutânea e aparelho pneumático massageador e o estudo prévio dos hábitos do paciente (uso de anticoncepcionais ou cigarros são proibidos, por exemplo). Para garantir a segurança do paciente também é fundamental que o procedimento seja feito em local adequado (com amparo hospitalar) e com um profissional que entenda todos os riscos deste procedimento.

 

Quanto tempo dura a cirurgia?

 

O procedimento pode durar entre meia hora e 40 minutos e é possível fazê-lo na própria clínica em alguns casos.

 

Como ficam as cicatrizes?

 

Não existem cicatrizes. O procedimento faz apenas um pequeno furo de cânula (seringa) de meio centímetro ou menos para retirar a gordura em locais estrategicamente escolhidos.

 

Quanto tempo “dura” o preenchimento facial?

 

Varia de pessoa para pessoa. A duração do preenchimento facial depende do quanto o seu corpo vai absorver a gordura. Portanto, quanto menos ele absorver, mais duradouro será o resultado. Existem pessoas que absorvem mais a gordura e por isso tendem a ter um prazo de duração do preenchimento mais curto. Mas a média de absorção registrada pela maioria dos médicos é de 30-40%. Ou seja, o restante (60-70%) da gordura permanece para sempre no corpo. A chance de absorção também depende de como a gordura é manipulada. Se ela for tratada adequadamente (em uma máquina centrífuga, por exemplo), é provável que o índice de absorção seja menor.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Lipoenxertia e lipoescultura são a mesma coisa?

 

Não, elas são totalmente diferentes. A lipoescultura é o procedimento que “esculpe” o corpo através da retirada de gordura (você muda a gordura de lugar), já a lipoenxertia produz efeito rejuvenescedor.

 

A lipoenxertia pode substituir a prótese de mamas?

 

São casos muito específicos, mas é possível substituir sim. Existem estudos que demonstram que a lipoenxertia mamária não prejudica o rastreamento radiológico para câncer mamário, e que a lipoenxertia é uma técnica alternativa para reparação de defeitos mamários e discreto aumento estético das mamas, devendo ser utilizada por cirurgiões com treinamento adequado.

Saiba mais sobre próteses de mamas aqui.

 

O que acontece com o paciente se ele engordar?

 

Sim. A gordura tem uma memória e ela pode aumentar e diminuir de volume de acordo com o aumento ou diminuição de peso da pessoa. Por isso, optamos por retirar a gordura do joelho ou da virilha (coxa) que possuem menos memória que as gorduras do abdome.

 

Além do enxerto no rosto é possível fazer enxertos em outras partes do corpo também?

 

A maioria das partes do corpo podem receber enxerto: rosto, mãos, bumbum, etc. Também existem casos de assimetrias do corpo em que são usados os enxertos, como no caso das síndromes como a de Parry-Romberg ou de Poll.

 

Que benefícios/resultados o enxerto traz para o paciente?

 

Os principais resultados são o rejuvenescimento com naturalidade e o ganho na qualidade da pele (se tornam viçosas e hidratadas).

 

Em quanto tempo é possível perceber os resultados?

Em duas semanas já é possível ver os primeiros resultados e ao final de 3 meses você já terá os resultados definitivos.

 

Quais são as recomendações no pós-operatório?

 

Na primeira semana a pessoa não pode fazer exerícicio físico, pois o enxerto precisa se fixar. Se você vai a uma aula de dança ou fizer algum tipo de drenagem ou massagem, por exemplo, o enxerto provavelmente poderá se deslocar e ser absorvido. É melhor evitar. Faça o acompanhamento adequadamente com o seu médico para registrar os resultados ou relatar qualquer anormalidade.

 

Há perda de sensibilidade no local enxertado?

 

Não há perda de sensibilidade, pois o plano onde o enxerto é colocado não atinge o nervos. No caso do bumbum, por exemplo, o enxerto é feito em vários planos (intramuscular, embaixo do músculo ou acima do músculo.

 

Lembre-se: Procure um especialista experimente e com boas recomendações antes de fazer um enxerto de gordura. Existem muitos casos de pacientes insatisfeitas com o resultado de suas cirurgias porque não foram atendidas por um bom médico. Essa é uma ótima oportunidade para você entrar em contato conosco!  [:]