• Blog
  • by
  • 6 de abril de 2016
  • 179
  • 3

Em 1962 uma americana, mãe de seis filhos entrou em um Hospital em Houston, no Texas (EUA) para retirar algumas tatuagens dos seios e saiu de lá com a primeira prótese mamária da história. Timmie Jean Lindsey, que na época estava mais preocupada com as orelhas (um pouco grandes para ela), só percebeu os benefícios da cirurgia quando, na rua, os homens passaram a admirá-la.

54 anos depois, a cirurgia que aumenta o volume das mamas, proporciona um melhor contorno, firmeza e simetria aos seios. Além disso, já conta com tecnologia 3D e uma variedade enorme de tamanhos, sendo considerada a segunda cirurgia plástica mais realizada no mundo, atrás apenas da cirurgia de lipoaspiração. No ranking de número de mulheres a fazerem a cirurgia, o Brasil fica em segundo, perdendo apenas para os EUA.

Apesar de todo avanço que a medicina já alcançou na realização deste tipo de procedimento, muitas mulheres ainda têm dúvidas quanto à segurança e confiabilidade desta cirurgia. Por isso reúnimos aqui os principais mitos e verdades sobre o implante de silicione. Confira:

 

O silicone causa câncer?

Mito. Em 2010, uma fabricante francesa de implantes (que na época era a terceira maior do mundo) foi denunciada por vender silicone industrial (proibido para uso médico) e acabou sendo processada. No Brasil as próteses da PIP foram vendidas entre 2005 e 2010 e foi comprovado que 41% de 306 lotes de silicone da empresa apresentavam problemas. No entanto, um estudo feito no Canadá e outro nos Estados Unidos comprovaram que não existe nenhum relação entre a prótese de silicone e o câncer.

 

O silicone atrapalha a amamentação?

Mito. A confusão acontece porque, geralmente a paciente não sabe exatamente onde a prótese será colocada. A prótese pode ser colocada em dois locais: atrás do músculo peitoral ou atrás da glândula mamária, porém nos dois casos a prótese não interfere na amamentação porque ela fica abaixo do tecido mamário, onde é produzido o leite materno.

 

Existe perigo da prótese vazar?

Mito. O risco da prótese de silicone “vazar” é de 1%. Existem relatos raros de rompimento devido a quedas de alturas muito grandes ou impactos em alta velocidade (como acidentes automobilísticos, por exemplo).

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

O silicone implantado tem prazo de validade?

Verdade. Estima-se que com as novas próteses (mais modernas), esse prazo seja algo tem torno de 15 a 20 anos, porém, o mais aconselhável é que a paciente realize o acompanhamento com o cirurgião, que vai determinar o tempo certo de substituição.

 

O corpo pode rejeitar o silicone?

Mito. O que pode acontecer é a “contratura capsular”, uma espécie de resposta do organismo que acontece com as mesmas pessoas que têm transplantes, por exemplo. A contratura capsular pode ser classificada em diferentes graus conforme define Baker:

  • Grau 1 – não visível e não palpável; a mama é igual a uma mama não operada;
  • Grau 2 (mínimo) – palpável mas não visível;
  • Grau 3 (moderado) – palpável e visível, cápsula distorcida porém sem dor;
  • Grau 4 (grave) – palpável e visível, distorção marcada, mama endurecida e com dor constante.

Menos de 5% das mulheres já tiveram o grau 4 de contratura capsular, nesses casos, o recomendado é fazer uma nova cirurgia para substituir a prótese. A contratura capsular é rara e tem mais probabilidade de acontecer em casos de complicação durante a cirurgia ou quando a prótese já perdeu o prazo de validade.


É possível “sentir” o silicone?

Mito. É praticamente impossível “sentir” o silicone. Com as novas tecnologias, como as próteses com membranas texturizadas, por exemplo os implantes de silicone são praticamente idênticos a um seio normal e também muito naturais ao toque.

 

Lembre-se: Procure um especialista experimente e com boas recomendações antes de fazer uma cirurgia de implante nas mamas. Existem muitos casos de pacientes insatisfeitas com o resultado de suas cirurgias porque não foram atendidas por um bom médico.
Essa é uma ótima oportunidade para você entrar em contato conosco!  [:]

3 Comentários

  1. Bianca Lira
    28 de julho de 2016 às 15:47

    Gostaria de saber o valor de uma cirurgia de implante de silicone. Varia de quanto p quanto? obrigada!

    • adriano
      30 de novembro de 2016 às 10:24

      Olá Bianca, tudo bem?
      Infelizmente o Conselho Federal de Medicina nos proíbe de passar valores pela internet. Abraço.

  2. Trackback: Prótese de Mama | Ticket Digital

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

pt_BRPortuguese