• Blog
  • by Adriano Medeiros
  • 8 de julho de 2020
  • 224
  • 0

A rinoplastia é considerada um dos procedimentos mais complexos da cirurgia plástica. Afinal, seus resultados determinam a harmonia e o equilíbrio do rosto. Por essa razão, a rinoplastia também é uma das cirurgias mais procuradas. Nesse cenário, a busca da medicina estética avança em direção à técnicas menos invasivas — como a rinoplastia ultrassônica, que oferece maior precisão e resultados naturais.

Esse novo método tem a proposta de fazer da rinoplastia um procedimento menos invasivo, com uma técnica que favorece a cirugia sem fraturas e que por tanto oferece um pós-operatório mais rápido e com menor incidência de equimoses e hematomas.

Vamos conhecer um pouco mais sobre essa técnica inovadora?

O que é a Rinoplastia Ultrassônica?

Um efeito colateral da multiplicação das selfies foi o aumento do número de cirurgias plásticas. As de nariz, o ponto mais modificado do rosto depois das pálpebras, totalizaram quase 75.000 no Brasil, somente no ano passado. Para essa turma, eu tenho uma notícia: uma técnica novíssima que esculpe o nariz sem erros e permite que o paciente operado apareça em público sem grandes hematomas e edemas.

A cirurgia, inventada na França e batizada de rinoplastia ultrassônica, chegou no Brasil em 2017. O motor da inovação é justamente isto: um motorzinho movido a energia ultrassônica, acoplado a uma ponteira desenhada para esculpir o osso do nariz.

Na rinoplastia tradicional, o médico faz uma incisão no interior das narinas, insere o escopro – uma espécie de cinzel de ponta cortante e, com um martelo, vai desbastando o osso sem ver, baseando-se no tato e no som dos instrumentos.

Já na ultrassônica, a maior parte da pele do nariz é afastada e, com o osso exposto, o cirurgião manuseia o aparelho em micro-movimentos rápidos e precisos. A baixa frequência preserva cartilagens, mucosas e vasos sanguíneos — daí a ausência de hematomas evidentes.

 

Como é feita a rinoplastia sem fratura?

Diferente da rinoplastia tradicional, em que se usa o cinzel e um martelo para remodelar o nariz, na rinoplastia ultrassônica usa-se o bisturi piezoelétrico especial ou bisturui ultrassônico. Com este equipamento o cirurgião plástico promoverá um desgaste no osso nasal e na cartilagem, sendo que esse desgaste é quem dará a nova forma ao nariz. Um dos diferenciais da rinoplastia sem fratura está na precisão técnica do cirurgião com o manuseio do equipamento, sendo que quando é necessária a fratura, a reconstrução do nariz pode ser mais complexa.

Em qualquer tipo de rinoplastia é necessário que o paciente seja anestesiado. A anestesia para rinoplastia mais comum de ser utilizada é a geral, em que o paciente fica desacordado durante todo o procedimento — que costuma durar em média três horas.

Mas o cirurgião plástico, juntamente com o anestesista, são os profissionais que decidem qual o melhor tipo de sedação para cada caso. É um procedimento considerado de média complexidade e como qualquer procedimento cirúrgico requer cuidados.

 

 

 

Dispositivo Piezoelétrico

As pontas do instrumento piezoelétrico têm a capacidade de atuar seletivamente sobre os ossos, sem ferir os tecidos moles vizinhos: pele, vasos sanguíneos, mucosa e cartilagens frágeis. As osteotomias (cortes do osso) realizadas por este instrumento são muito precisas e o traumatismo dos tecidos vizinhos é significativamente menor o que se traduz em menor hemorragia intra-operatória, edema e hematomas menores no pós-operatório e um resultado estético mais preciso. A recuperação de uma rinoplastia ultrassônica torna-se mais rápida, com menor desconforto e o resultado definitivo e regresso à vida activa mais precoces.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Quais Vantagens? 

Eu sou suspeito pra falar sobre qualquer cirurgia de rinoplastia, porque como vocês sabem é a minha paixão! Existe uma discussão entre os cirurgiões plásticos quanto as vantagens da rinoplastia ultrassônica. Por não haver a necessidade de fraturar e consertar o nariz do paciente, pode-se dizer que esse método torna a cirurgia plástica do nariz menos invasiva e traumática ao paciente.

Foi identificado pelos criadores do método que existe a possibilidade do menor aparecimento de equimoses, edemas e hematomas, sendo que o paciente submetido a rinoplastia sem fraturas podem retornar, por exemplo, ao trabalho em sete dias após a cirurgia.

O inchaço nas bochechas e nos olhos também é minimizado, e estima-se ainda que a cicatrização se dê de forma mais rápida, já que a lesão no local é bem menor quando se comparado aos demais procedimentos. Isso sem deixar de mencionar que o rinoplastia ultrassônica não deixa cicatrizes aparentes, diferente da cicatriz que o método de rinoplastia aberta resultará em pequena marca bem abaixo das narinas.

Resumindo:

– osteotomias mais precisas e menos traumáticas

– edema/hematoma (“inchaço e olhos negros”) mínimos

– recuperação pós-operatória mais rápida

 

Como é o Pós Operatório? 

Assim como os demais métodos de cirurgia no nariz, é necessário repouso absoluto nos dois dias após a procedimento. Deve-se tomar cuidado com a higienização, não praticar exercícios por, pelo menos 30 dias, não fumar, enfim, todas as indicações da maioria das cirurgias estéticas.

É indicado aos pacientes que durmam com a barriga para cima, evitado virar-se de lado e por consequência, pressionar a região em que foi feita a cirurgia. Pede-se que os pacientes submetidos a rinoplastia sem fraturas que evitem alimentos que demandem muita mastigação nos primeiros dias.

 

Conclusão 

Ao decidir fazer uma rinoplastia, seja por estética ou por questões de saude como no caso do desvio de septo e as hipertrofias de cornetos, por exemplo, saiba que nem sempre o seu procedimento poderá ser este que estamos falando: o da rinoplastia ultrassônica.

Uma vez que na tomada de decisão sobre o melhor método (se será aberta, fecha ou ultrassônica), deve-se analisar os prós e contras de cada um para obter o resultado definido em conjunto com o seu cirurgião plástico. Sem esquecer que todos os procedimentos, quando feitos por cirurgiões capacitados, trazem o resultado esperado.

Bom, por hoje é só pessoal! Espero que tenham gostado do nosso conteudo de hoje e é por isso mesmo que quero te pedir que se voce nao se inscreveu ainda no meu canal do youtube, instagram ou facebook, basta procurar por @dr.adrianomedeiros para todas elas.

Beijo grande e excelente semana.

 

Assista ao Café com Cirurgia Plástica no youtube

 

Veja AQUI o vídeo completo de uma cirurgia com dispositivo piezelétrico.[:]

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

pt_BRPortuguese