cirurgia plastica dr adriano medeiros
  • Blog
  • by Adriano Medeiros
  • 24 de fevereiro de 2017
  • 165

Hoje falarei das técnicas de Preenchimento Labial… A cirurgia que não sai da boca das mulheres!

Preenchimento Labial, uma cirurgia que sempre foi queridinha entre as pacientes, e que recentemente tem tomado os noticiários por causa de celebridades como a Kylie Jenner e as irmãs Kardashian, várias blogueiras, retornando com tudo para os holofotes.

E como de costume, com a popularização, vem a banalização. Estou aqui hoje para falar sobre as técnicas aplicadas e quais cuidados tomar quando se quer ter lábios mais cheios e carnudos.

Começando com o aviso mais importante… 

A primeira coisa que eu gostaria de falar, é que não existem meios de aumentar os lábios permanentemente de forma caseira, e até pior, com aqueles desafios do copo, que além de causarem danos à pele, podem deixar lesões permanentes.

Embora máscaras labiais e cremes promovam mudanças, isso não quer dizer que sejam permanentes, e muitas vezes podem provocar reações alérgicas. É essencial que tenham isso em mente, porque colocar-se em risco por causa da beleza é algo que NUNCA deve ser considerado.

Mas agora, caminhando para as técnicas profissionais…

Para ter lábios mais cheios e definidos, a técnica de preenchimento que mais recomendo é a com Ácido Hialurônico. Ele tem uma duração temporária e que exige retorno para manutenção do efeito, porém é moldável e o produto possui a plasticidade ideal para a região dos lábios, que é muito utilizada em nosso dia a dia.

Aplicamos o Ácido Hialurônico em doses cuidadosas e com auxílio de anestesia local, para que a paciente tenha mais conforto durante a intervenção.

Por ser um ácido que estimula a formação de colágeno, ele tem um efeito não apenas preenchedor, mas também ajuda a definir o formato, deixando a boca mais bonita e hidratada, e claro, se aplicado da forma correta, não se corre o risco de ficar com aquele temido “bico de pato”.

As novidades do mercado também têm um bom desempenho, mas exigem cuidado.

Como é o caso do preenchimento labial com enxerto de gordura do próprio corpo, que geralmente é retirada da parte de trás do joelho ou do culote.

Porém, é algo que se deve tomar muito cuidado! Como ela é enxertada, consideramos ela uma gordura “viva”, logo se a paciente chega com um peso no consultório ao fazer a cirurgia e engorda após essa aplicação, os lábios tendem a inchar junto.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

E as que precisam ser evitadas a todo custo!

Quem me conhece como médico, sabe como sou crítico a algumas formas de injeção no corpo.

Entre eles, os PMMAs e Metacril, e o perigoso e irresponsável Hidrogel – quem conhece o caso de Andressa Urach, sabe do que estou falando! Trago como um alerta, pois essa é uma substância não indicada para se injetar no corpo, por ser um acrílico derivado do petróleo. Sempre que ver essa sugestão, fuja o mais rápido possível!

Mas voltando às recomendações sobre o Preenchimento Labial

Não importa a técnica que tenha se escolhido (desde que não seja a com Hidrogel, viu???), há sempre que se atentar a pequenas coisas, como o tamanho dos lábios.

Há muitas meninas que pedem um aumento maior do que o necessário ou harmônico, eu e meus colegas médicos sempre prezamos pela harmonia estética e pelo uso moderado das cirurgias.

Então antes de pedir para que se “aumente a dose”, leve em consideração o tamanho dos seus lábios em relação ao seu rosto!

As contraindicações e demais atenções que devemos ter ao escolher fazer um Preenchimento Labial

A única contraindicação que tenho a quem queira passar por esse tipo de intervenção é em caso de pacientes com herpes, que podem realizar, mas não é recomendado que o façam.

No caso de pacientes que possuem doenças autoimunes, sempre recomendo que seja feito uma bateria de exames preliminares para descartarmos todo o qualquer risco. É de máxima importância que sempre tenhamos exames em perfeitas condições para realizarmos qualquer tipo de cirurgia.

Sobre os resultados e o pós-operatório? 

Por ser uma intervenção mais leve e pouco invasiva, as recomendações são os cuidados mínimos necessários.

Evitar tomar sol, tomar cuidado com pancadas, grandes movimentos com os lábios são todos não recomendados nos primeiros três dias. Alguns casos de roxos em torno da picada e nos cantos da boca são comuns, mas devem ser monitorados e caso sejam grandes ou persistentes, o médico que realizou a operação deve ser acionado o quanto antes!

No caso do Ácido Hialurônico, os resultados da aplicação são visíveis logo após a operação e tem uma duração média de 6 meses a um ano, necessitando de reaplicação, como já expliquei acima!

*****

Quer receber mais conteúdos especiais de Preenchimento Labial e outros assuntos relacionados a Cirurgia Plástica?
Assine minha Newsletter clicando aqui![:]

pt_BRPortuguese