• Blog
  • by Adriano Medeiros
  • 20 de setembro de 2017
  • 166
  • 0

A calvície apesar de às vezes ser considerado um tabu, tira o sono de muitos homens que estão cada vez mais preocupados com a beleza. Mas ela não é privilégio do sexo masculino, muitas mulheres são afetadas e buscam todos os tipos de tratamentos para se livrar desse problema.

 

Hoje vou falar de quais são as causas e como você pode evitar e se tratar, temporária ou definitivamente, para recuperar a auto estima e o bem estar.

 

Vou falar de:

 

  • O que é a calvície?
  • As causas da calvície
  • O que é o transplante capilar?
  • Quem pode fazer o transplante capilar?
  • Como é feita a cirurgia de transplante capilar?
  • A anestesia usada no transplante capilar
  • Duração da cirurgia de transplante capilar
  • Quem realiza a cirurgia de transplante capilar?
  • O pré-operatório do transplante capilar
  • Pós-operatório da cirurgia de transplante capilar
  • Complicações do procedimento do transplante capilar
  • Resultados

O que é a calvície?

 

A calvície ou alopecia, é o afinamento gradual e progressivo, dos fios de cabelo, diminuindo a densidade dos cabelos. A cada fio de cabelo achado no travesseiro, homens e mulheres, ficam mais e mais preocupados, mas nem tudo, nem o cabelo, estão perdidos.

 

As causas da calvície

 

As causas são várias e podem ser fatores genéticos, alterações hormonais e emocionais,  inflamações no couro cabeludo ou até em decorrência de dietas com baixa proteína.

 

A calvície pode causar ansiedade e baixa auto estima, por isso é importante consultar um médico para diagnosticar o problema, suas causas e possíveis tratamentos, de acordo com cada paciente.

 

Exames laboratoriais, poderão detectar alterações hormonais, carências nutricionais ou outras causas possíveis, sendo aí sim, possível definir qual serão os melhores tratamentos, que vão variar entre o uso dermatológico de cosméticos antiqueda, que aumentam o número de folículos, impedindo a queda dos fios.

O uso de medicamentos para controlar os níveis hormonais que estão causando a queda do cabelo e o afinamento dos fios, a ingestão de suplementos nutricionais que vão regular o funcionamento do corpo, fortalecendo fios e aumentando o crescimento capilar.

 

Muitas são as técnicas, testadas e descobertas, mas o transplante capilar é uma ótima alternativa para o problema da calvície. Geralmente não é a primeira opção mas é considerada uma das mais eficazes por ser uma opção definitiva.

 

O que é o transplante capilar?

 

O transplante capilar é basicamente um procedimento que realoca os folículos capilares que não estão predispostos à calvície, nas regiões onde está a calvície. Ele permite que o cabelo volte a crescer nas áreas transplantadas.

 

Quem pode fazer o transplante capilar?

 

Esse procedimento pode ser realizado em qualquer pessoa que sofra do mal da calvície e quer ter cabelo como teve um dia, na região atingida.

 

Geralmente o médico fará uma avaliação  para saber se o processo da calvície está completo e estável, antes de realizar a cirurgia.

 

Se não me engano também é requerido que a pessoa tenha ainda uma parte utilizável do cabelo para conseguir realizar o transplante

 

Como é feita a cirurgia de transplante capilar?

 

O transplante capilar, pode ser realizado de duas formas. A mais comum é o FUT (sigla inglesa para transplante de unidade folicular e a outra é o FUE ( sigla inglesa extração de unidades folicular). A grande diferença entre as duas se dá pelo fato de a FUE ser minimamente invasiva se comparada a FUT.

 

No FUT, o médico vai remover uma faixa de cabelo da região da nuca, para ser dividida em tiras bem finas para serem transplantadas em outra parte.

 

Já a FUE, o médico vai tirar diretamente do couro cabeludo, os folículos já prontos, sem dividir. A diferença vai ser essa força de extração dos folículos da área doadora.

 

A anestesia usada no transplante capilar

 

A anestesia é administrada diretamente no local, para que o paciente não sinta nenhuma dor ou incômodo, além de uma leve sedação para que o paciente, de modo que quando a cirurgia acaba, o paciente já acordou.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Duração da cirurgia de transplante capilar

 

O procedimento, utilizando a técnica FUT poderá durar de 5 a 6 horas, de modo que com a técnica FUE, a duração é bem maior, chegando de 6 a 10 horas.

 

Quem realiza a cirurgia de transplante capilar?

 

Médicos especialistas em cirurgia plástica são os profissionais mais recomendados. Mas vale sempre lembrar, que o ideal é procurar um médico de confiança, qualificado e inscritos nos quadros da Associação de Cirurgia plástica do Brasil.

 

O pré-operatório do transplante capilar

 

O paciente deve seguir todas as orientações médicas e realizar todos os exames pré-operatórios básicos, comuns a todas as cirurgias, principalmente as plásticas. Quando for usada a técnica FUT, não vai ser necessários preparar o paciente mas quando se usa a técnica FUE, é preciso raspar os cabelos bem curtos

 

Pós-operatório da cirurgia de transplante capilar

 

Logo depois da cirurgia, o médico vai aplicar um spray fixador especial, evitando o uso de bandagens na cabeça do paciente.

Por ser um procedimento simples, o paciente é liberado logo após a cirurgia, devendo voltar ao consultório para realizar uma lavagem nos cabelos.

 

Após esses passos, o paciente logo está liberado para voltar às tarefas do dia a dia, devendo, claro, evitar a exposição ao sol, atividades físicas mais pesadas e devendo cuidar bem dos cabelos, podendo voltar 100% as atividades, 15 dias após o procedimento.

 

Complicações do procedimento do transplante capilar

 

Como a cirurgia é pouco invasiva, as possíveis complicações são muito poucas, podendo o paciente ter pequenas zonas de insensibilidade e algum inchaço nos primeiros dias.

 

Não vai haver chances de rejeição ou infecções, tendo em vista que o transplante é feito da pessoa para ela mesma.

Resultados

 

Os resultados do procedimento serão vistos depois de 3 ou 4 meses, quando os cabelos transplantados vão voltar a crescer, levando pelo menos um ano para que se observe o

resultado final.

 

Conclusão

 

A calvície pode afetar a autoestima de homens e mulheres que são atingidas por esse problema, mas a solução é simples, praticamente indolor e sem maiores complicações.

 

Independente da técnica utilizada, o transplante capilar é rápido, não exige uma recuperação longa e o principal, não tem nenhum tipo de complicação ou rejeição, por ser feita do paciente para ele mesmo e os resultados podem ser vistos de forma natural e em um espaço e tempo pequeno.

 

Gostou do artigo desta semana? Pode deixar suas dúvidas nos comentários que sexta-feira vou responder no Direto ao Ponto no meu canal no YouTube, não deixa de me seguir no Facebook e Instagram.

 

E para falar comigo sobre consultas e procedimentos você me encontra no meu consultório é só ligar 21 3385-4081 e agendar uma visita.[:]

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

pt_BRPortuguese