• Blog
  • by Adriano Medeiros
  • 18 de outubro de 2017
  • 376
  • 0

Atualmente a eficácia da Criolipólise para o tratamento de gordura localizada é bastante comentada e discutida entre pacientes e profissionais.

A técnica criada por estudiosos da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, promete uma redução considerável de medidas a partir do resfriamento das células gordurosas do paciente.

Feita com um aparelho próprio, é possível ver os resultados logo após as primeiras aplicações.

Preparei um post bem completo para que você conheça um pouco mais sobre a Criolipólise. Contarei o que é o tratamento, como ele é feito, quais os principais cuidados e tirarei algumas dúvidas comuns sobre o assunto. Confira.

 

O que você vai ver aqui:

  • O que é Criolipólise?
  • Como é a aplicação?
  • Contraindicações
  • Principais cuidados antes e depois da Criolipólise
  • Resultados da aplicação
  • Principais dúvidas
  • Conclusão

 

criolipólise

O que é Criolipólise?

Como citei no início da nossa conversa, a Criolipólise foi criada por um grupo de estudiosos e pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. O tratamento consiste em eliminar o máximo permitido de gordura localizada em diversas partes do seu corpo.

Para que isso aconteça, o médico utiliza um sistema próprio de resfriamento. A Criolipólise resfria as células de gordura localizada até que elas se rompam e, por consequência, melhora a aparência da região tratada.

Essa é uma boa opção para quem busca mudar as curvas do corpo, mas não quer passar por um procedimento padrão de cirurgia plástica, com internações, incisões, entre outras ações.

Após o congelamento, toda a gordura presente nas células tratadas é direcionada naturalmente para o sistema linfático do paciente. Naturalmente o seu corpo metabolizará esse fluido e o eliminará.

Como é um processo que envolve principalmente o fígado, você pode se questionar sobre alterações em suas funções hepáticas. Essa possibilidade deve ser descartada, mas ainda assim o seu médico pode solicitar exames de triglicerídeos, colesterol e outros mais.

Como é a aplicação?

Criolipólise como é a aplicação

O médico aplica uma manta umedecida na região onde será o tratamento e utilizando um aparelho próprio, realiza um processo de sucção à vácuo.

A ponteira, que é a parte da máquina que sugará a sua pele, fará uma pressão sobre os adipócitos, que são as células que armazenam gordura, fazendo com que eles se resfriem completamente.

O resultado é que essas células gordurosas se romperão e serão eliminadas naturalmente pelo seu organismo.

O processo não é invasivo, sem necessidade de utilização de agulhas ou bisturis. Você também não precisará receber anestesia, salvo os casos de pele muito sensíveis, onde o médico pode aplicar um creme anestesiante.

criolipólise como é a aplicação

Cada ponteira reage sobre o seu corpo por aproximadamente 1 hora, resfriando o tecido entre -5ºC e -10ºC.

 

Contraindicações

Mesmo não sendo uma técnica invasiva, a Criolipólise limita o perfil de pessoas que podem se submeter ao tratamento. É preciso passar por uma avaliação médica, onde a sua sensibilidade ao frio será um dos pontos analisados.

Pessoas que passaram por cirurgias recentes, principalmente na região a ser tratada também precisam esperar um tempo maior antes de fazer a Criolipólise. Há contraindicação também para quem tem infecções ou feridas no local onde o resfriamento será aplicado.

Pacientes com que estão acima do peso ou que sofram de flacidez também não podem passar pelo tratamento. A Criolipólise não é um processo de emagrecimento, ela apenas ajuda a definir as curvas e linhas do seu corpo, como eu citei no início do post.

Gestantes e diabéticos, assim como pessoas que possuem hipersensibilidade ao frio também fazem parte desta lista de exclusão.

A telemedicina já é uma realidade, agende sua consulta com o Dr. Adriano Medeiros!

Com o Dr. Adriano Medeiros, você é atendido por vídeo ao vivo e pode tirar dúvidas sobre atendimentos e fazer acompanhamentos! Esse atendimento acontece na nossa plataforma exclusiva, um consultório virtual que você acessa pelo seu celular ou computador.

A telemedicina oferece uma gama de benefícios, dentre eles podemos citar:

  • Encurtar a distância;
  • Economizar tempo;
  • Rapidez;
  • Economia;
  • Acessibilidade;
  • Exclusividade.

Principais cuidados antes e depois da Criolipólise

Criolipólise principais cuidados

Os primeiros encontros com o seu médico são para que você conheça mais da técnica e para que o profissional analise sua condição física.

Saber como seu corpo reagirá à Criolipólise é essencial não apenas para saber como direcionar seu tratamento, como também para descobrir se você se encaixa nas limitações que mostrei no tópico anterior.

Após a primeira sessão, o profissional orientará o paciente sobre a necessidade de seguir uma dieta saudável, assim como praticar exercícios físicos. Isso ajuda a mobilizar ainda mais a gordura rompida pela Criolipólise e, consequentemente, eliminá-la do seu organismo.

A Criolipólise oferece poucos riscos para o paciente. Se você está dentro do perfil indicado para o tratamento, provavelmente não terá complicações após cada uma de suas sessões.

Como a área onde o resfriamento será aplicado ficará submetida à baixas temperaturas por um longo tempo, é possível que haja uma reação inflamatória.

Além da inflamação comum, uma mancha vermelha e uma região dolorida ficará por alguns dias. Isso acontece apenas no período que o tecido leva para se readaptar.

Resultados da aplicação

Criolipólise Resultados

A quantidade de sessões e os resultados da aplicação vão variar de paciente para paciente. Existem casos onde já na primeira sessão você consegue observar pequenas mudanças em seu corpo. Contudo, a orientação é aguardar pelo menos 2 meses para os resultados definitivos dessa primeira aplicação.

O intervalo entre uma aplicação e outra também não pode ser muito curto. O ideal é esperar cerca de 60 dias, pois é o tempo necessário para seu corpo reagir positivamente ao tratamento. Estima-se que, dentro das expectativas padrões, um paciente perca de 20 a 25% de gordura com a Criolipólise.

Assim como eu citei no início do post, a Criolipólise não é um método de emagrecimento. Os bons resultados de um tratamento se dão também pelo esforço de cada paciente. É preciso evitar ganhar peso após as sessões. Caso você tenha excesso de pele, pode optar por outros tratamentos estéticos, como a Lipoaspiração que ao fazer a retirada da gordura, faz com que a pele tenha uma retração acompanhando a diminuição do volume.

Principais dúvidas

Como qualquer tratamento estético, a Criolipólise gera bastante dúvidas em minhas pacientes. O desejo por um corpo mais bonito e atraente é comum, mas há sempre um cuidado essencial para evitar ciladas e problemas.

Eu escolhi algumas perguntas frequentes sobre o assunto e vou responder cada uma delas para você.

 

1 – Quem pode realizar uma Criolipólise?

À princípio pode parecer um procedimento menos complexo, onde é necessário saber manejar a máquina do tratamento. Contudo, somente um médico especializado pode realizar a Criolipólise em seus pacientes.

A anatomia, assim como a fisiologia da pele dos pacientes são amplamente afetadas, por exemplo. A realização da Criolipólise por um profissional que não detém esse conhecimento pode prejudicar o resultado e causar danos à sua saúde.

 

2 – A Criolipólise pode ser aplicada em qualquer parte do corpo?

O aparelho próprio da técnica permite a acoplagem de diversas ponteiras. Somente com a ponteira própria para cada parte do corpo que você consegue diversificar o tratamento.

Ao ser desenvolvida, a Criolipólise tinha o objetivo de eliminar a gordura localizada da região da barriga, das costas e dos quadris. Hoje já é muito comum tratar também braços e coxas.

 

3 – A Criolipólise dói?

A Criolipólise não causará nenhuma dor muito grande na região tratada. Contudo, há um certo desconforto na retirada da ponteira e durante os primeiros dias após cada sessão.

Você pode consultar seu médico e pedir orientação quanto a aplicação de cremes e massagear a região tratada para amenizar esses pequenos desconfortos.

 

4 – Tem algum tratamento paralelo que ajude ainda mais a redução das medidas?

A drenagem linfática pode ser indicada pelo seu médico. Esse tratamento ajuda na eliminação da gordura mais rapidamente, fazendo com que os resultados sejam ainda mais satisfatórios.

Contudo, essa não é uma regra. Caso não haja uma extrema necessidade, você pode optar por seguir apenas com as suas sessões de Criolipólise.

 

5 – Preciso tomar algum tipo de medicamento ou usar cremes após as sessões?

Como respondido no item 3, caso queira pode utilizar cremes para massagear a região afetada pelo tratamento. Isso reduz o inchaço, a vermelhidão da sua pele e também qualquer outro desconforto que surge nos primeiros dias.

O uso de medicamentos, principalmente relaxantes, só deve ser feito caso o seu médico ache conveniente e recomende. É preciso analisar cada situação separadamente.

 

6 – Preciso emagrecer para fazer a Criolipólise? Existe um peso máximo?

Talvez. Caso você esteja muito acima do peso, a Criolipólise não é indicada para você e não surtirá efeito.

Pois o método age na gordura localizada e não na perda de peso, como já comentei, pois não atinge gordura em todas as áreas do corpo ou mesmo visceral, a gordura que fica entre os órgãos, neste caso é necessário que a paciente emagreça e reavalie se já está apta a realizar o tratamento de forma que gere resultados.

Não existe determinado um peso máximo para a realização de uma sessão, mas a paciente precisa estar ciente que o excesso de gordura corporal não será afetado neste caso.

 

7 – Ela pode ser feita em consultórios ou é preciso internação?

A Criolipólise não exige internação. Você pode fazê-la em uma clínica, desde que essa ofereça todas as condições favoráveis.

 

Conclusão

O reconhecimento dos bons resultados da Criolipólise pela medicina é algo bastante concreto. Esse é um dos muitos procedimentos estéticos ofertados para homens e mulheres das mais variadas idades. Contudo, assim como qualquer outro tratamento exige atenções e cuidados.

Expliquei, ao longo deste post, o quanto a sua atenção após cada sessão é importante. O ideal é que você inicie uma rotina mais saudável com uma dieta balanceada e exercícios mesmo antes da primeira sessão de Criolipólise.

Quanto mais cuidados tiver quanto à essa questão, melhores serão os resultados e mais rápida será a sua recuperação.

A eficácia da Criolipólise foi destacada sempre nesta nossa conversa. É uma técnica segura, mas há pequenos riscos, principalmente para quem não segue todas as orientações médicas.

Por não ser invasiva, você conhecerá poucos ou nenhum caso de má aplicação ou recuperação.

Respeite também os limites do seu corpo. O tratamento permite uma perda máxima de gordura. Por mais que o desejo pelo corpo perfeito seja algo comum, ultrapassar os 25% de gordura destinados para a Criolipólise, pode comprometer a sua saúde.

Animada para eliminar de vez aquela gordurinha localizada que tanto lhe incomoda? Você pode procurar um médico especializado e iniciar suas sessões de Criolipólise o quanto antes.

Se ficou alguma dúvida é só deixar um comentário que responderei para você!

Gostou do nosso papo? Aproveita e curte minhas redes sociais, Facebook, Instagram e Youtube fique por dentro de outras informações importantes sobre cirurgia plástica e estética.

Para entrar em contato comigo no consultório visite minha página de Contato.

Até a próxima![:]

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

pt_BRPortuguese